Buscar
  • marcoskoslopp

O material certo para móveis planejados para cada cômodo

Quem nunca pensou pelo menos um dia em colocar móveis planejados em algum cômodo da casa? Pode ser pela praticidade que eles podem oferecer ou até mesmo pelo estilo próprio.


Os móveis sob medida realmente podem trazer praticidade para muitas famílias, pois eles são feitos de acordo com a necessidade da pessoa, conforme ela escolher o estilo, designer, modelo e tudo mais.


Além disso, eles podem ser multifuncionais, ou seja, oferecer mais de uma função, que no caso para algumas casas trará muita praticidade, ainda mais para casas ou apartamentos pequenos, que precisam que o espaço seja mais bem aproveitado.


Mas não é apenas escolher o móvel planejado e pronto, esse processo é um pouco demorado, pois precisa estudar o espaço, as medidas, se o que quer fazer realmente pode ser feito, já que algumas coisas podem não sair como deseja.


Além de ter que escolher um ótimo profissional, que entenda sobre o assunto, que o seu serviço será de qualidade e o material oferecido também, ele vai saber orientar qual o melhor material a ser utilizado.


Escolher o material que será usado no móvel planejado não é tão fácil como parece, não é apenas MDF e MDP, é saber como é cada um deles, o que eles comportam e como eles irão se encaixar em cada espaço.


Na cozinha, por exemplo, tem mais gordura, no banheiro que tem umidade, nos quartos que podem não ter tanta ventilação, na sala que precisa ser mais reforçada.


O tipo de material utilizado conta muito, pois se não escolher o certo para o cômodo pode vir a ter dores de cabeça e gastos maiores, já que terá que trocar antes do tempo.


Vale ressaltar que os móveis planejados são feitos para durar mais que os móveis comuns, já que eles são feitos para se moldar ao lugar que ele vai ficar, o objetivo é que ele dure por mais tempo trazendo maior custo e benefício para a pessoa.


Tipo de material


Geralmente na hora da escolha do material surgem várias dúvidas, principalmente entre o MDF e o MDP. Isso acontece porque apesar de ambos serem fabricados a partir da mesma espécie de madeira de reflorestamento - normalmente eucalipto e pinus -, os dois materiais tem diferença entre si e essas diferenças precisam ser levadas em conta no momento da escolha.


As diferenças de uma para outra são em relação a flexibilidade, maleabilidade e resistência. Essas diferenças podem interferir no resultado final do produto. Tendo isso em mente, analisar as características, vantagens e desvantagens desses dois materiais pode ajudar a escolher qual se encaixa melhor nas suas necessidades.


Por mais que os dois sejam feitos a partir da mesma espécie de árvore, pinus e eucaliptos, existe diferença entre as suas propriedades. O MDF é feito pela fibra da madeira e o MDP por partículas de matéria-prima.


A sua resistência também é um ponto de diferença entre os dois, o MDP se constitui por 3 partes de chips ou cavados da madeira, onde os dois extremos são finos e o meio é mais espesso. Já o MDF é constituído por apenas uma camada homogênea.


O MDF é mais maleável, ele permite a formação de curvas mais complexas. Ele geralmente é escolhido para os móveis mais criativos e refinados, que precisam de mais flexibilidade, móveis com acabamentos arredondados, por exemplo.


O MPD apresenta mais limitações na questão de plasticidade, porém ele é bem mais resistente. Ele pode ser usado na produção de móveis em linha reta e em peças que necessitam de mais sustentação.


Características de cada material


Para ajudar na sua escolha, separamos algumas características de cada um. Veja:


MDF


No que se refere ao trabalho com matéria-prima, o MDF praticamente se compara a madeira. Suas superfícies são homogêneas, permitem cortes em qualquer sentido apresentando um toque uniforme e liso.


Ele suporta bem a aplicação de qualquer tipo de revestimento e acabamento, tanto como pintura ou papéis impressos. Uma grande vantagem é que ele pode receber placas resistentes à água, que são necessárias em móveis para banheiro e cozinha.


Podem ser utilizados em móveis como: cadeira, mesas, cabeceiras de cama, mesas de canto, berço, penteadeiras, peças que não tenham muito contato com umidade, partes externas que vão receber revestimento e acabamentos e móveis com cortes de diferentes sentidos e tamanhos.


MDP


O MDP é muito indicado para móveis de linha reta, é considerado o painel de madeira industrializada mais comum no mundo. Ele faz parte da nova geração, sendo totalmente superior aos móveis de antigamente, como o conhecido compensado.


Tem a capacidade de suportar mais peso em relação ao MDF. Além disso, é considerado mais econômico, apresenta mais resistência na fixação de parafusos e mantém a qualidade e beleza ao móvel.


Pode ser utilizado em móveis como: gavetas, prateleiras, cristaleiras, estrado de cama, gabinete de banheiro, armário de cozinha, gaveteiro para área de serviço e peças retas que não precisam de cortes ou acabamentos diferenciados.


Quer móveis planejados de qualidade para a sua casa? O Móveis BR | Móveis planejados e sob medida oferecem total qualidade e satisfação para você!



O material certo para móveis planejados para cada cômodo




7 visualizações0 comentário