Buscar
  • MÓVEIS BR

Como fazer mudança sem estragar os móveis?

Atualizado: Set 23

Ainda que provoquem bastante ansiedade e animação, as mudanças também podem causar estresse e preocupações, principalmente quando falamos sobre os móveis. Afinal, quando não protegidos da forma correta, eles podem ser danificados durante o transporte ou montagem. Existem diversas questões que envolvem as mudanças, desde encontrar uma imobiliária de qualidade, até a empresa que irá realizar o transporte. Tudo isso pode deixar o processo mais complicado, mas com um bom planejamento, organização e calma é possível, além de realizar uma mudança tranquila, não precisar se preocupar com os seus móveis. Quer saber como? Então continue lendo esse post!


1. Planejamento


O primeiro passo para ter uma mudança tranquila é criar um planejamento e cronograma a ser seguido. Por isso, pense em cada etapa necessária e estipule quantos dias irá precisar para empacotar suas coisas, qual será a data da mudança, como ela será feita, etc. Com isso, você consegue organizar o seu dia e conciliar a mudança com todas as tarefas do cotidiano, como o trabalho.

Além disso, compre os materiais necessários para começar a empacotar, como plástico bolha, tesoura, caixas de papelão, papel ondulado, isopor, fita adesiva, entre outros. Assim, você não irá correr o risco de faltar algo necessário para empacotar, fechar, proteger e identificar seus objetos.


2. Desmonte os móveis


Não queria realizar o transporte com os móveis montados, pois eles podem ficar bambos ou até mesmo danificar alguma parte devido à movimentação do caminhão. Por isso, desmonte os móveis e se puder, contrate alguém especializado no assunto. Embale todas as peças separadamente para evitar riscos e lascas que podem ocorrer devido ao atrito.


3. Limpeza


Antes de embalar seus móveis, faça uma boa limpeza com um pano úmido e o outro seco. Isso porque, você consegue adiantar esse passo e não irá precisar limpá-los quando chegar em seu novo imóvel. Lembre-se de incluir a limpeza em seu cronograma para que não haja atrasos!


Além do pano úmido, você ainda pode encontrar produtos adequados para móveis e lustrá-los antes de embalar. Afinal, ao realizar esse processo, você consegue protegê-lo ainda mais contra as sujeiras, pois quando embalado corretamente dificilmente terá acúmulo de pó. Inclusive, utilizar ceras específicas também é uma forma de proteção, visto que elas promovem brilho e uma camada extra para prevenir arranhões durante o transporte além de manter a limpeza já feita anteriormente. Por mais que possa parecer desnecessário, é um pequeno cuidado que, além de proteger durante o transporte, você pode evitar o retrabalho de precisar realizar a limpeza em sua casa nova.


4. Proteção


Utilize o papelão ondulado para os móveis mais resistentes, como armários e prateleiras. Para isso, faça um embrulho simples e para a vedação utilize fitas adesivas, pois assim você evita qualquer danificação que pode ocorrer durante o transporte. Uma boa dica, mas que poucas pessoas sabem, é utilizar filme stretch para finalizar o embrulho, pois ele adere à superfície e protege ainda mais os móveis. Além disso, guarde os parafusos e peças pequenas em sacolas ou caixas separadas, vedadas e bem identificadas para que não corra o risco de perder ou se confundir no momento da montagem.

Já para móveis com peças em acabamentos mais frágeis ou que exijam maiores cuidados, o ideal é utilizar camadas de plástico bolha para prevenir contra pancadas e quedas que possam trincar ou prejudicar seu móvel. Agora, para mesas, armários, penteadeiras e espelhos é recomendado utilizar além do plástico bolha, fitas adesivas para evitar que a embalagem saia, e armazenar em caixas de papelão quando possível.


5. Identificação


Uma dica fundamental e que pode salvar sua mudança é identificar todos os móveis, peças, utensílios domésticos, caixas, sacolas, etc. Assim, você consegue encontrar itens de um mesmo conjunto e no momento de realizar a montagem dos móveis você já sabe exatamente o que procurar.


6. Montagem


Por fim, não pense que pelo fato de os móveis não terem sido prejudicados durante o transporte eles já estão seguros em sua casa. É importante ter muita atenção na hora de desempacotar, principalmente as peças menores, para evitar danos ou perdas. Além disso, caso não realize a montagem durante os próximos dias, mantenha as peças embrulhadas para evitar o acúmulo de pó e sujeira. Inclusive, prefira deixar os móveis deitados no chão, pois caso fiquei na vertical eles podem entortar e não encaixar corretamente.


Com todas essas dicas, além de facilitar sua mudança, você ainda irá proteger seus móveis por completo. Lembre-se de realizar um bom planejamento para minimizar os problemas e dores de cabeça, sempre conversando com sua imobiliária para receber as melhores orientações. Por fim, comprar ou alugar seu próprio imóvel é um passo muito importante e a mudança faz parte do processo. Por isso, se organize, tenha uma rotina adequada para que tudo saia conforme o planejado e você possa desfrutar de todos os benefícios que um novo lar pode oferecer.




8 visualizações
Faça uma busca por móveis em sua cidade e entre em contato!
Encontre fabricantes de móveis

© Direitos reservados a MÓVEIS BR